30 de agosto de 2008

O Diário de Artie

Agora percebo bem quanto deprimido o Artie chegou! A diferença é enorme!
Já brinca com garrafas de água, salta para cima da minha cama, puxa a trela, anda rápido que se farta e confia tanto em mim que já não chocamos em nada que esteja no caminho!
E, aqueles passinhos hesitantes, tipo cavalinho
com o dorso arqueado, desapareceram
totalmente. Pisa firme e já quer correr!!!!
Hoje até foi lago dentro atrás do Miles e do James! Já começo a perceber: Os cães cegos são exactamente iguais aos outros mas não vêem. Só isso!

28 de agosto de 2008

O Diário de Artie



O Artie têm uma tia especial que é como ele: loura com os olhos azuis e que já lhe arranjou, para além de tanto mais, a tão ansiada consulta de oftalmologia, e especial para o Artie.
Amanhã damo-vos as notícias.
Obrigado Tia Azul

O Diário de Artie

O colete de salvação para passar os primeiros dias com o Artie foi
oferecido pela Susana e Rui Abreu:
- Chama-se "uma conversa com amigos que já passaram pelo mesmo e sabem muito sobre este assunto e nos emprestaram o livro+DVD "Living with Blind Dogs" de Caroline D. Levin, ed. Lantern.
Depois procurar e procurar informação.
Aqui fica o registo de algumas das ideias prácticas que nos têm sido úteis:
SIM
-If your dog is disoriented, lead him to a favorite anchoring spot, such as a familiar bed, and pet him calmly until he's settled down.
-Going up and down stairs is difficult for blind dogs. Install carpeting and chaperone your dog until he feels confident: Hold his midsection gently as you support his weight and/or lead him up each step by luring him with a favorite treat.
-The most important tool in dealing with a blind dog is the leash. Think of the leash as giving you the ability to hold your dog's hand. Your dog will feel more secure because he knows where you are. Leashing the dog can be helpful even in the house until he gets adjusted. The dog should certainly be walked on the leash because his owner is now his eyes.
Não
-Feeling socially isolated is a problem with blind dogs just as it is with deaf dogs. Most dogs seem reassured if they know where their owners are. A dog that has been free to roam the house may have to be confined at night. Securing your dog next to your bed at night or using a crate is an ideal solution. - Once the dog gets used to the routine and has a mental map of his world, he'll do fine. Many dogs happily go around their homes and live a happy life despite their blindness. In fact, many do it so well that visitors don't even notice that the dog is blind.
Foto: Miles e Artie "Este colchão é pequeno!"

O Diário de Artie

Os primeiros passos...de corrida...
Está Quase Artie!
Hoje apanhei um choque! Parece que a operação implica sérios riscos e,no pós operatório, podem ocorrer traumas demasiado sérios! Temos de saber há quanto tempo o Artie está cego e avaliar se a retina nao estará lesionada.
Fomos conhecer o Veterinário do Ti que nos deu os parabéns pelo encontro com o Artie! Curiosamente o Artie nao teve medo nenhum de ali estar até porque ia acompanhado do Roger a Jacto que acha que é o super homem e entrou com toda a confiança consultório dentro !!!!!

26 de agosto de 2008

O Diário de Artie

Pelo pouco que se sabe o Artie antes de ser de Monsanto vivia num quintal.
E, a julgar pelas imensas chokas, cheias de parasitas - pulgas e ovos, carraças agarradas à saia, à barriga e às patas da frente deveria passar a maior parte do tempo deitado. Quando o vi pela primeira vez todo o dorso era amarelo e a enorme camada de pêlo morto escondia qualquer vislumbre da tão fantástica cor destes Setters. Quando me aproximei piorou! Tinha uma enorme pança dilatada que em conjunto com a estranha forma de andar: pé ante pé - no chão, tipo cavalinho, ao mesmo tempo que arqueava o dorso fazia pareçer que tinha uma marreca! As orelhas e o peito exibiam o último grito deste Verão na "Jamaica" (rastas fedorentas e a sair por todo o lado!).
Mas, e como diz uma amiga, eu reconheço um setter nem que seja só pela pontinha de uma orelha !!!

na foto: os primeiros passos do Arite solto. Sente-se que não têm confiança. Tenho de andar ás voltas a acompanha-lo e ir chamando para que não entre em Stress e começe a fazer círculos. Hoje na Torre de Belém quando o soltei e lhe dei o comando FREE deu um saltinho de contentamento e dois passinhos de corrida!!! Humm Progressos! Nada no meu mundo é tão belo como um Setter irlandes a correr! Vamos lá tentar Artie!
O ARTIE de MONSANTO :-)
Têm um caractér extraordináriamente dócil, senta, deita, espera, dá a pata e responde na hora ao "anda cá".
Não sabe: subir escadas; descer escadas; na rua tem medo do som do carros; tem panico de ser manipulado fisicamente; não sabe subir para cima de nada, hoje, no carro, andou no lugar do pendura-chão, porém se o ponho na parte de trás do carro entra em panico, nao sabe muito bem andar pela casa. No primeiro dia bateu com a cabeça num banco de jardim e fez um golpe perto do olho! Caraças Eduarda!!!
Comprei-lhe um colete cuja argola desliza permitindo direciona-lopara a direita e para a esquerda. Com a fantástica ajuda do Rui e da Susana Abreu começei a ensinar-lhe: "senta espera", escadas = cima, baixo/para os degraus e o Free. Está a correr bem.
De tudo o que tenho aprendido nestes poucos dias que estamos juntos o comando de FREE = estás numa zona sem óbstáculos e podes correr - é o mais significativo. Faço questão de, no futuro, conseguir ve-lo correr!
e vitória!!!! Hoje em alguns locais já deixou de tactear o caminho e já começou a andar com os pés firmes no chão!!!!!

Mini Miles - Scott Voador

Apelidei a ninhada nascida da Zimbra e do Miles
(Quinta Equestre da Sardoeira- http://www.sarodeira.com/) de "Cachorros Voadores" tal não era o estado em que apareciam nas fotografias que a teresa me enviava.
E aqui está o Scott "Voador "da Quinta da Sardoeira! Eu sei que sou avó babada mas este meu neto é o máximo!
"Filho de Miles sabe Nadar" foi a legenda q o fernando pôs na foto:-) no slideshow do SummerDogCamp da Educacão. Uma semana divertida e em que cada um deu o seu melhor aprendendo a trabalhar com os seus cães e como passar mais tempo juntos e com qualidade! A Repetir!
p.s. Miles se não te pões a pau o puto rouba-te a capa de Super Homem!

25 de agosto de 2008

O Diário de Artie

ARTIE de Monsanto:-)
Fui ver o Artie no Domingo, pelas 3 da tarde ao Canil Municipal de Lisboa. Graças à Margarida e a um grupo de pessoas que mostraram solidariedade e desprezo pelo desprezo com que o Artie ali foi deixado para abater entrei num mundo novo! Nós as pessoas dos cães, como gostamos de nos chamar, vivemos numa redoma cuja realidade nada tem a ver com a realidade! O Artie deu entrada no canil Municipal de Lisboa - Monsanto, ao que pareçe pela mão do dono, para ser eutanaziado. O canil dispõe de dois pavilhoes um externo e outro interno. No pavilhão externo estão os cães com algumas hipóteses de adopção. No pavilhão interno estão os cães que aguardam o dia da eutanazia. Durante esse período passam pelo canil pessoas... entre elas a margarida que lançou imedatamente o alerta (e .... assim me veio parar o tal email ás mãos).
A Margarida a caminho dizia-me que não sabia bem se era um setter!
Vio-o assim que dobrámos a esquina! É um Red Setter, lindo de morrer e que se encosta à rede do para receber festas, tem os dois olhos.... Azuis. As pessoas que me vêem a fazer-lhe festas e a dizer -lhe olá devem pensar que sou maluquinha!!!! Mas, os funcionários do canil foram todos muito simpáticos.
No dia em q fui buscar o ARTIE estava Muito nervosa. Estou a correr um risco enorme! Mas não há prazer igual ao de abraçar um Setter!

p.s. Obrigado aos "amigos do Artie" que nos deram uma ajuda preciosa para a sua chegada!

O Diário de Artie

Enquanto lia os emails um assunto pareceu-me estranho. Hummm...Vais para o junk direitinho... mas surpreendentemente provinha de um amigo! Que Raio?!!!! Bem, assim como assim o computador já está maluco e cheio de vírus pior não fica. Na dúvida sobre a veracidade do conteúdo fiz logo forward para a minha irmã que bem mais céptica do que eu iria conseguir despistar a coisa logo ali.
E não é que a minha irmã resolveu responder ao contacto a oferecer ajuda????!!!!

Email:16 de Agosto 2008
Assunto: Irish Setter CEGO no canil Municipal de Lsboa - PRAZO de vida até 4ª feira... AJUDA URGENTE
O abandono de animais é desprezível a todos os níveis. O abandono de um animal que teve a infelicidade de ficar invisual e é rejeitado pela sua diferença..é de uma crueldade extrema e ainda dizem que somos um povo tolerante! No canil municipal de Lisboa foi entregue pela mão do dono, para se "desfazerem" dele, um LINDISSIMO SETTER IRLANDÊS, que teve a infelicidade de ficar CEGO. Vê-se bem que foi descartado sem dó nem piedade, pois até está gordo demais, e provavelmente porque é CEGO. Macho adulto de uma beleza fora de série, estava desorientado, pois os seus cheiros habituais da sua casa, passaram a ser cheiros desconhecidos, cheiros de outros animais, barulhos que não reconhece. Imaginem, apenas imaginem, saírem de casa e serem colocadas no meio de uma multidão e de olhos fechados... Tentava desesperadamente aproximar-se, cheirar a minha mão e apenas pensava como é possível tamanha crueldade.. Estando num canil de abate, as sua possibilidades de sobrevivência são minimas e fui informada que não deveria passar da próxima quarta feira. Para além de ter ficado invisual, despejaram-no num canil de abate e tem os dias contados..pois para quê esperar???? É CEGO..e logo me disseram no canil..esperar mais tempo para quê? quem quer adoptar um animal cego? Lindo mas cego...não chega para viver pois ser cego neste país é quase uma sentença de morte. Pena que assim seja pois tal como eu quem já teve em sua casa um animal cego sabe que a realidade está longe de ser verdade..têm uma vida perfeitamente normal, pois têm o seu olfacto..um radar! e dão-nos uma verdadeira lição de vida pois os cegos somos nós que estigmatizamos tudo que se desvia do que pensamos ser o "normativo". Tem o destino marcado...tem uma sentença de morte...PORQUE É CEGO! Quarta feira poderá já lá não estar...PORQUE É CEGO! É Justo ...NÃO!
Peço a solidariedade de todos, a quem lhe possa dar uma oportunidade..é tão meiguinho! APELO A UMA Família de Acolhimento Teporário! APELO Á SUA ADOPÇÃO! APELO A UMA ONDA DE SOLIDARIEDADE PARA CUSTEAR O HOTEL e COMIDA! APELO AO CORAÇÃO DE TODOS PARA ESTE IRISH SETTER!
Não o deixem ser abatido na próxima semana! Precisamos de reservá-lo até 3ª feira senão abatem-no na 4ª feiraPOR FAVOR DIVULGUEM
!!!!!





13 de agosto de 2008

Caderno de Notas

O Disco Formatado!
Acabei de ler este artigo e à primeira impressão achei-o polémico e tendencioso -http://www.naturalnews.com/021935.html.
Mas pensando melhor...
Sei que boa parte da informação é verdadeira. Antigamente costumava louvar a liberdade de quem escrevia factos e opiniões, de quem escreve no que acredita! Em Portugal imperam brandos costumes e compromissos comercias...Hhummm...
Estou a ficar formatada!
A propósito dos compromissos comerciais esta deu-me nos nervos!
Uma funcionária pretendia que eu passasse a ter uma opinião de excelência acerca de um produto. Porquê? Porque indirectamente iria partilhar os 25 tostões oferecidos pelo produtor!!! Ah, e queria que eu fosse sincera! Deu-me nos nervos!!!!
Mas... passou-me rápido!
Quando a vi descer a Avenida num carro topo de gama, revi mentalmente a prateleira de comprimidos para o cérebro e assentei para comigo mesma que se tomasse uns quantos de certeza me passavam os pruridos e arranjava a tal da opinião sincera. Era tudo uma questão de compromisso comercial fazer a revisão aos 25 tostões e ir levantar o topo de gama.
Estou a ficar formatada!!!
Sem Formatação!
Com a casa em obras tudo se perde e tudo se enconta! No meio das mil e muitas revistas sobre cães encontrei um exemplar do Jornal dos Animais & Cª. Num país onde o jornal mais vendido é Correio da Manha, upps queria dizer Manhã, não é de admirar que este fosse mais um dos projectos interessantes e a ficar pelo caminho. Reli com gosto a reportagem sobre Obediência. Os exercícios estão explicados de forma clara e sublinham as vantagens que praticar este desporto trás a vida normal, a quem vive com os cães claro!
No editorial, entre outras iguais ou bem piores, podia ler-se,: "Como se isto não bastasse, nem juízes, nem delegados veêm cães a ser puxados por coleiras de bicos para os podiums, onde apenas se consagra a vaidade do "Homem".
Isto é que era coragem! Já vai fazendo falta tornar a ler artigos assim!
Sem Formatação!

8 de agosto de 2008

Última Hora


Hotel Canino com Praia
Castelo Branco: Hotel canino abre «praia para cães». O parque animal de Castelo Branco dispõe a partir desta semana de uma «praia para cães», adiantou a responsável pelo parque.
O espaço está aberto a todos os animais alojados no hotel canino, durante a ausência dos proprietários.
Cerca de 300 hectares foram adaptados com areia fluvial e sombras, mini-piscinas numa área total de nove metros quadrados de espelho de água.
«São estruturas em PVC anti-derrapante e com 15 centímetros de água, para os animais se sentirem seguros. Se for mais do que isso, eles não gostam» adianta a responsável.
E não se paga mais para ter acesso à «praia». «Há animais que quando ficam alojados gostam mais de estar sossegados nas duas divisões, mas outros mais corpulentos e brincalhões adoram a água ou a areia».
O hotel canino do parque acolhe cães pequenos a quatro euros por dia e cães de grande porte a cinco euros, com alimentação incluída.

4 de agosto de 2008

Caderno de Notas

Caracol
A sonolência própria a uma tarde quente de Verão parece ser mais forte que a vontade firme de comer uma caracolada ao fim da tarde. Assim sendo, hoje pela manhã na cozinha sentia-se um cheiro forte. Nariz no ar e lá dei com os dois sacos de caracois. Coitados como se não bastasse o que os espera: o lento afogamento dentro da panela ao qual tentam,de pescoço hirto, escapar a todo o custo e ainda passam as últimas horas tão apertados! Caramba!
Procurei um alguidar grande e com um facalhão da cozinha rasguei a rede dos sacos e libertei-os. Lembrei-me ainda que em minha casa a seguir a libertação dos caracois era sempre preciso cortar umas fatias de batata, crua, e lança-las aos caracois.
Satisfeita com a minha eficiência chamei os rapazes, que entretanto observavam espantados toda a operaçao e partimos para o passeio da manhã.
Quando regressei vinha esbaforida! A piorar o calor natural dos quarenta anos o dia resolveu aquecer logo de manhazinha. Enquanto me Despia reparei que os rapazes tinham estancado à porta da cozinha sem ir beber água. Que se passa rapazes?
Uma hora foi o tempo que os caracois precisaram para ir até aos esfregões da loiça, às paredes da cozinha, à máquina de lavar loiça, ao frigorífico, ao cesto do pão.... e pior a baba fica agarrada às cortinas...
Enfim, arrependo-me sempre dos gestos heroicos que tomo nesta divisão da casa!
Isto fez-me pensar! Que raio! Quem associou o adjectivo lento ao caracol??? Hum... e será que consigo encontrar informação sobre a velocidade com que o caracol se desloca??? vou ver.... isto intrigou-me!

3 de agosto de 2008

Shopping

E resulta? Se resulta...
Para um cão viajar de avião pode ser um momento muito traumatizante. Assim, andei à procura de sugestões para tornar a viagem do Miles até Estocolmo o mais calma possível.
Dentro da transportadora ia: a camisola de pijama com que dormi na noite anterior, a pinha com q. nessa mesma manhã brincámos no parque e a 10 minutos do embarque esfreguei toda a caixa com uma toalhita embebida em D.A.P (uma oferta da tia Ana q. trouxe as toalhitas da Crufts).O Miles chegou a Estocolmo cansado mas calmo. A nossa primeira paragem foi num jardim nas traseiras de um MacDonalds e o Miles correu e brincou - Alegre e Energético - como sempre!
Por cá, Portugal, o D.A.P. - ferormona tranquilizante e q. ajuda os cães a ultrapassar de forma fácil e natural algumas das situações mais dificeis, é ainda um produto desconhecido.
Aqui fica a sua descrição:
Produto:
DAP - Ferormona tranquilizante para Cães
Descrição:
O D.A.P. - Dog Appeasing Pheromone, ou Ferormona Apaziguador/tranquilizante de Cães foi desenvolvida por veterinários e é um produto sintético que consegue imitar as propriedades das Ferormonas naturais das fêmeas enquanto estão a amamentar. Estas Ferormonas são tranquilizantes e transmitem aos cachorros a sensação de bem estar e de aconchego.
Em todo o reino animal, as Ferormonas sao usadas e têm um papel crucial nos processos de comunicação entre os animais, de uma mesma espécie. As Ferormonas emitidas por um animal podem afectar e modificar quer o comportamento dos outros animais, da mesma espécie, quer o comportamento do próprio animal que libertou a Ferormona.
As pesquisas mostraram que as propriedades tranquilizadoras destas Ferormonas persistem mesmo na idade adulta.
É como se a Ferormona dissesse:
"Calma, está tudo bem, não te preocupes. A Mãe está aqui e tu estás seguro. "
Os resultados do D.A.P. são surpreendentes e conseguem tornar os momentos díficeis da vida de um cão muito mais tranquilos e livres de medos e stress.
Por exemplo, no q. respeita a comportamentos destrutivos e ou automutilantes com origem na ansiedade de separação, as estatísticas resultantes de testes clínicos, indicam:
( 28 dias de uso, 11 investigadores, 4 países, 1 ano)
Comportamento Destrutivo – 85 % de melhoria ou solução total – observados logo na primeira semana de tratamento
Vocalização Excessiva – 72% de melhoria ou solução total
Eliminação Inadequada – 66% de melhoria ou solução – observados 2 semanas após o início do tratamento
DIFUSOR ELÉCTRICO:Basta ligar o difusor numa tomada. As ferormonas são libertadas para o ambiente. Um difusor dura cerca de trinta dias, uso ininterrupto, e cobre uma área de aproximadamente 70 metros quadrados.
O D.A.P. não tem cheiro e é totalmente seguro para animais e pessoas.
COMFORT ZONE SPRAY: É perfeito para usar nas situações em que o cão não pode ficar restrito ao ambiente que ele se sente mais seguro. De fácil aplicação é “portátil” e está sempre a mão. Pode ser usado para facilitar as viagens de carro, de avioão, ida ao veterinário, na rua nos encontros com estranhos ou com outros cães, nas tosquias, em mudanças de ambiente ou de residência.
Como Usar: Basta borrifar directamente a area onde o cao vai permanecer no carro, na caixa de transporte, na cama, ou num lenço e colocar no pescoço do cão, para conseguir o feito e diminuir, ou até mesmo eliminar os sintomas e comportamentos indesejados e que sejam causados pela ansiedade, pelo medo de lugares desconhecidos, medo de trovões, fogo de artifício, ou mesmo por trauma devido a maus tratos sofridos no passado.
Indicações:
O Spray também é eficaz para a prevenção e eliminação progressiva de outros comportamentos relacionados com o stress, como:
Ladrar, excessivo, uivar e ou chorar, quando o dono se ausenta e o cao é deixado sózinho;
Eliminação em locais inadequados causados por ansiedade;
Salivação ou lambedura excessiva devido a medos e ou solidão;
Destruição de moveis e outros objectos quando fica sózinho;
Medo de andar de carro;
Pânico, tremoures, ao ser examinado pelo veterinário ou na recuperaçao de uma cirurgia;
Depressão causada por alterações na rotina ou pela perca do dono ou de um outro animal;
Chegada de um bébé e ou de um novo animal;
Medo de receber visitas;
Medo, inquietação e pavor de fogo de artifício, da trovoada, do vento; etc.
O D.A.P. em Spray pode ser aplicado directamente no local onde o cão irá ficar, ou num lenço. Deve esperar-se cerca de 10 a 15 minutos para o produto secar antes de permitir que o cão entre no local, ou antes de colocar o lenço à volta do pescoço. A dose recomendada é de 8 a 10 borrifadelas e a duração média do produto é de cerca de uma hora e meia a duas horas, podendo variar de animal para animal. Pode ser reaplicado quantas vezes for necessário, sempre respeitando o intervalo de 10 minutos para o produto secar completamente antes de colocar o cão na área tratada.
O Difusor Eléctrico oferece um apoio mais eficaz, e de longa duração (24 horas), para dentro de casa, enquanto que o spray ajuda quando o cão transita fora. Existe ainda a coleira cuja duração é de aproximadamente 4 semanas.
O D.A.P. não é uma droga nem um sedativo e Não possui contra indicações, nem efeitos colaterais. A única recomendação importante é que nao deve ser usado directamente sobre o cão pois a apresentação em Spray contém álcool como veículo da feromona.

Saiba mais em: