31 de dezembro de 2007

Obedience

36º Concurso de Obediência da Educacão
1ª Prova do cCampeonato de Obediência de 2008.

6 de Janeiro -Domingo, de 2008.
Hipódromo da Quinta da Marinha
A prova tem início às 12.30. Juízes: Teresa Vasconcelos e João Mira. Entrada gratuita.

27 de dezembro de 2007

Última Hora

Desenvolvimento de novos fármacos:Biohip evita testes em animais
Uma equipa de investigadores norte-americanos desenvolveu uma tecnologia capaz de reduzir drasticamente a necessidade de serem utilizados animais durante os estudos de segurança para o desenvolvimento de novos fármacos. O novo biochip vai também garantir a obtenção de resultados mais rigorosos.Por norma, as experiências relativas à toxicidade das substâncias em estudo baseiam-se em testes realizados em animais que permitem prever se um determinado candidato a fármaco é ou não é tóxico. Mas estes procedimentos, dispendiosos, nem sempre reflectem com precisão a reacção dos seres humanos às substâncias testadas. Nos últimos tempos cresceram esforços e estratégias que substituam ou minimizem o número de testes em animais durante os ensaios pré-clínicos. Agora, uma investigação conjunta do Rensselaer Polytechnic Institute, da Universidade da Califórnia, em Berkeley, e da Solidus Bioscience, revela resultados animadores.
“Observámos os problemas com que as empresas se deparam e apercebemo-nos de que precisávamos de desenvolver algo com custos reduzidos, uma taxa de aceitação elevada e que fosse facilmente automatizado e não envolvesse animais”, explicou Jonathan Dordick , um dos principais responsáveis pela investigação, professor do Rensselaer Polytechnic Institute e co-fundador da Solidus Biosciences. O Datachip engloba mais de 1.000 culturas de tecidos tridimensionais que reflectem a forma como as células se organizam no organismo. O objectivo é fornecer aos investigadores um sistema de projecção rápido e que permita prever o potencial de toxicidade de um candidato a fármaco em vários órgãos do corpo humano.
“Desenvolvemos o MetaChip e o DataChip para lidar com dois dos assuntos mais importantes que precisam de ser avaliados quando se analisa a toxicidade de uma substância – o efeitos nas diferentes células do nosso corpo e a forma como a toxicidade se altera quando a substância é metabolizada pelo organismo”, afirmou o responsável. A capacidade de um indivíduo para metabolizar uma substância é determinada pela sua composição genética e pela quantidade de medicamentos que metabolizam enzimas, determinando o quão tóxico pode ser um composto para eles. Ao modificar a proporção das enzimas no MetaChip, os cientistas conseguiram desenvolver chips personalizados que prevêem a resposta de um paciente a uma determinada substância. “Ainda estamos longe da medicina personalizada, mas o MetaChip caminha nessa direcção”, salientou Dordick.

Ena Pá!!!! Fantástico!!!!!

24 de dezembro de 2007

20 de dezembro de 2007

Úlltima Hora

EUA: Marinha envia cães terapeutas para o Iraque
Pela primeira vez, a Armada norte-americana envia, ainda em Dezembro, cães terapeutas para o Iraque, que darão o seu afecto aos soldados no campo de batalha e os ajudarão a superar o «stress» e os traumas.
Os labradores «Boe» e «Budge», da organização dos antigos combatentes «VetDogs», foram confiados ao 85º destacamento médico da Marinha norte-americana para serem enviados para o terreno no fim de Dezembro, com a missão de darem »conforto emocional« aos soldados.
»Os cães foram os heróis silenciosos do nosso esforço de guerra. Mas, ao enviarmos cães terapeutas para o Iraque, vamos ainda mais longe. Os cães representam uma outra forma de combater o 'stress' e ajudar os novos soldados«, explicou Stacie Casweel, comandante do 85º destacamento médico.
Os benefícios para a saúde conseguidos com animais domésticos estão documentados em estudos, que demonstram efeitos positivos sobretudo sobre a tensão e o »stress«.

12 de dezembro de 2007

Obedience












Chegámos ao fim de mais uma temporada do Campeonato Nacional de Obediência.
Com a anulação da última prova do campeonato ficaram já conhecidos os títulos deste ano.
Esta é a notícia publicada no blog do nosso Clube :
Eduarda Pires e Mr. James vice-campeã de Obediência -Educacão melhor Escola de 2007 .
Parabéns à Eduarda Pires que se sagrou vice-campeã de Obediência.
O Mr. James "Bolinhas" Agradece !
A Educacão foi a Escola mais bem classificada no Ranking por Escolas de 2007Concorreram 8 escolas e foram atribuídos 23 Certificados de Obediência Básica7 dos quais á EDUCACÃO.
Parabéns e obrigado aos alunos por nos terem proporcionado a conquista deste troféu. A Educacão continua a ser a escola com mais troféus ganhos nesta modalidade. Também da nossa escola:

6 de dezembro de 2007

Última Hora

Cães conseguem distinguir imagens
Os Cães são capazes de organizar fotografias por categorias, da mesma maneira que humanos e primatas fazem, segundo um artigo publicado na revista especializada britânica - New Scientist.
Friederike Range e os colegas da Universidade de Viena treinaram quatro cães para distinguir fotografias que mostravam cachorros de fotos com outras imagens.
Primeiramente, imagens de uma paisagem e de um cão foram mostradas simultaneamente aos cães, que recebiam uma recompensa cada vez que escolhiam a fotografia do animal, usando uma tela de computador sensível ao toque (da pata).
Depois de se terem familiarizado com o uso do computador, os cães foram apresentados à imagem de uma paisagem diferente e a outras fotos de cães, que foram correctamente identificadas pelos quatro animais.
Na fase final da investigação os cientistas utilizaram a foto de um cachorro diferente, sobreposto na paisagem usada na etapa do treino.
Os cães foram capazes de identificar e de escolher a imagem do cachorro, deixando de lado a fotografia que só mostrava a paisagem.
Segundo Range, isto prova que os cães possuem habilidades racionais.
"Sabemos que podem distinguir 'comida' de 'inimigos' a partir de experiências", disse. "Mas esta é a primeira vez que lhes ensinamos um conceito abstracto - 'um cão' - e demonstramos que conseguem transferir esse conhecimento para uma nova situação".

1 de dezembro de 2007

Estante a Dobrar

Unlocking the Animal Mind: How Your Pet's Feelings Hold the Key to His Health and Happiness
Por: Franklin D. McMillan e Kathryn LanceBob Barker
Paperback: 256 pags
Editor: Rodale Books (Outubro 21, 2004)
ISBN-10: 1579548806
ISBN-13: 978-1579548803

Mental Health and Well-Being in Animals
Por: Franklin D. McMillan
Hardcover: 301 pags
Editor: Wiley-Blackwell; (1ª ed- Junho 17, 2005)
ISBN-10: 0813804892
ISBN-13: 978-0813804897

Franklin D. McMillan, doutor em medicina veterinária, é professor adjunto da Faculdade de Medicina Veterinária da Western University of Health Sciences e afirma que "Até bem recentemente, questões de saúde mental em animais sóe tinham importância quando os animais de estimação faziam algo que os donos interpretavam como mau comportamento - a tratar com técnicas de correcção do comportamento.
Nunca ninguém manifestou grande preocupação com a saúde mental dos animais nas quintas, laboratórios de pesquisa ou mesmo com os pássaros de cativeiro".
McMillan acrescenta ainda que: "Sabemos agora que podemos tornar as vidas e o bem-estar emocional dos animais muito melhor do que no passado. Direcionar os esforços para o que se passa nas suas cabeças é o elemento chave para maximizar a sua qualidade de vida".
Sgundo o autor, ao longo da história da medicina e da psicologia, a comunidade científica nunca atribuiu qualquer validade à preocupação com a saúde mental dos animais, frequentemente ignorada, como se fosse um simples antropomorfismo ingénuo.

Jaak Panksepp, neurocientista na Universidade Bowling Green State, responsável pela descoberta do riso em ratos, afirma: "A evidência científica de comprovação das emoções animais agora é avassaladora. Convém lembrar que o desenvolvimento de todas as drogas usadas para tratamento de distúrbios emocionais e psiquiátricos em seres humanos ocorreu primeiro com animais, que comprovaram a sua eficácia. Esta pesquisa nunca teria valor se os animais fossem incapazes de experimentar os mesmos estados emocionais".
McMillan acentua que o estabelecimento de um campo de saúde mental em animais significa que "agora dispomos dos conhecimentos e ferramentas necessários para ajudar os animais a aproveitarem a vida plenamente em vez de estarem simplesmente saudáveis fisicamente".
Excertos do Indíce:
-AnimaL Boredom: Understanding the Tedium of Confined Lives
-Interrelationships Beetween Mental and Physical Health
-The Concept of Quality of Life in Animals
e MUITO MAIS
SIMPLESMENTE A NÃO PERDER!

Campeonato Pastoreio

Realiza-se nos próximos dias
08 e 09 de Dezembro

O Open de Idanha -a- Nova - Campeonato Pastoreio
Mangas:

Campeonato Inter-Raças
Campeonato Especial Border Collies
Ambas as competições contam para a classificação final do Campeonato Nacional (Associação Portuguesa de Utilizadores de Cães Pastores)
mais informações em: gad@gmail.com