23 de abril de 2009

Obedience

Em Itália decorrem, neste momento as provas selectivas para o próximo Campeonato do Mundo de Obedience a realizar em Bratislav http://www.worlddogshow2009.sk/homeEN.html
Desde alguns anos que Itália aposta na sua equipa de Obedience o que é aqui visivél no ambiente  desta prova - um ringue claro e fácil com uma pista excelente!
Renate Tribus e Scott, 12º lugar na última edicção do Camp. do Mundo de Obedience, são os vencedores desta selectiva.
Veja-os em :

20 de abril de 2009

Setter procura Dono


Recebi hoje este apelo. 
Ajude-o divulgando que está para adoptar

Dá-se um Irish Setter com 11 meses de idade, com vacinas e chip, a quem prove estimar, que tenha condições financeiras para o manter a todos os níveis e tenha espaço exterior. 
Dá-se preferência a quem viva na zona de Vila Franca de Xira. 

Contacto : 91 4066131 

19 de abril de 2009

Última Hora

Pey Airways – Companhia  de Aviação exclusiva para animais domésticos

Uma Companhia de aviação exclusivamente voltada para o transporte de animais domésticos vai começar a operar, nos Estados Unidos. A Pet Airways, com sede em Delray Beach, na Flórida, irá voar para cinco cidades americanas, Nova York, Denver, Washington, Los Angeles e Chicago. O primeiro voo é só para cães e gatos  e está marcado para o dia 14 de julho. Os donos vão poder acertar os detalhes da viagem online e embarcar os animais numa sala especial dos aeroportos. Após a descolagem podem acompanhar o progresso do voo pela internet, mas não vão poder voar juntamente com os seus animais.

A Pet Airways  - No avião, os assentos que são usados pelos passageiros humanos foram retirados dando lugar às caixas onde os animais são transportados. Os comissários de voo vão levar os animais para uma caminhada antes da descolagem e monitorizar o seu bem-estar durante aviagem. Dan Wiesel e Alysa Binder, fundadores da Pet Airways, dizem que tiveram a ideia de criar esta companhia quando planeavam uma viagem com seu cão de estimação. "Actualmente, a maioria dos animais de estimação que viajam por ar são transportados como carga e manuseados como se fosse bagagem", diz Wiesel. "A experiência é muito traumática para os animais e pode causar sérios danos físicos, emocionais e mesmo a morte. A maioria dos donos não deseja isso para seu animal mas não tinha alternativa. Até agora", afirma ele.

Galeria de Arte

16 de abril de 2009

Estante

Durante a década de 90 a dominância foi um dos comportamentos mais bem documentados. Á altura pensava-se que a dominância servia para os indivíduos terem  acesso aos recursos e aumentar o sucesso reprodutivo e inclusivo. 
Cedo os estudos de primatologia - nomeadamente os trabalhos de Franz de Waal - Chimpanzee Politics - questionam a função da dominância e acentuam a importância  que os mecanismos de reconciliação têm na regulação das hierarquias (onde se insere a dominância) possibilitando a manutenção da paz social, dentro dos grupos. Finalmente, começam a surgir estudos  sobre a importância dos mecanismos de reconciliação nos cães domésticos. 
Os crentes nas teorias:  tal lobo/ tal cão; a dominância é que ordena o mundo: ficam a precisar rever a máteria dada!
in: Ethology Volume 114 Issue 1, Pages 53 - 63

Journal compilation © 2009 Blackwell Verlag

Canine Reconciliation and Third-Party-Initiated Postconflict Affiliation: Do Peacemaking Social Mechanisms in Dogs Rival Those of Higher Primates?

ABSTRACT - Conflicts over food, access to mates, or other limited resources can sometimes escalate into aggression. In species that form social groups, these aggressive conflicts can jeopardize the benefits of group living, such as enhanced access to valued resources, necessitating the development of behavioural mechanisms that either mitigate conflicts, prevent aggressive escalation or resolve disputes. Two important mechanisms for managing the effects of disputes involve postconflict (PC) affiliative behaviour, either between the former opponents (called 'reconciliation') or between one opponent and a third party. Even though numerous studies have tested reconciliatory and third-party affiliation tendencies in primates, for non-primate animals little systematic data are available. We performed behavioural observations on three groups of captive domestic dogs (Canis familiaris) and used a PC/MC method to test the existence of reconciliation and third-party affiliation in this species. The results of this study clearly indicate that both reconciliation and third-party PC interactions are present in the domestic dog, and form important social mechanisms of the domestic dog. Furthermore, familiar individuals showed a significantly higher proportion of reconciled conflicts than did unfamiliar individuals, and also displayed fewer conflicts. Finally, we show that most of the third-party affiliations involve the victim of a conflict and that victim-directed affiliation outweighs victim-initiated third-party affiliation in these PC interactions.

15 de abril de 2009

Click Click

O uso do clicker sem rigor conduz ao insucesso no treino e à frustração de ambos cães e treinadores.  Um dos erros mais comuns, de principiante e não só, é clickar e não reforçar o comportamento! 
Aqui fica um óptimo post acerca deste assunto:
Extinction bursts happen when the behavior goes unreinforced. But when the behavior was clicked it was reinforced since the click has been conditioned as a reinforcer. I don't think a click with no treat will cause an extinction burst. Instead I think it will just weaken the meaning of the click. In order to get a true  extinction burst I believe the behavior cannot be reinforced at all, meaning no click and no treat. Ah... but remember your definitions. The learner defines what is reinforcing, and a "reinforcer" is something that causes the likelihood of the target behavior to increase.

1. The dog reacted with frustration to the lack of the treat, which means to me that the click alone isn't a reinforcer to him.2. The dog immediately CHANGED his behavior -- therefore I'd argue the behavior that was clicked wasn't reinforced.

A mild reward that doesn't increase the likelihood of a behavior is just a reward, not a reinforcer. I'd argue that to this dog, the clicker is, unless paired with a treat, a conditioned rewards.

Melissa Alexanderhttp://www.reinventing-melissa.com/ http://blackseadogs.blogspot.com/

"If you, too, think it's 'Just a dog,' you will probably understand phrases like 'Just a friend,' 'Justa sunrise,' or 'Just a promise.'"   In: Clicker Solutions.com - ClickerSolutions@yahoogroups.com

9 de abril de 2009

Colar Isabelino



O Miles nas semanas que se seguiram a cirurgia teve um relacionamento, estreito, com o famoso colar isabelino.  
Todas as tardes ao prejuízo de se ver fechado numa transportadora  se acumulava a colocação do colar isabelino.
O Miles  suportou mal esses dias. Foi a primeira vez que o vi ficar ligeiramente nervoso - quando batia com o colar. A piorar, pareçeu-me que encarou esses momentos como um castigo já que claramente actuava como se tivesse de pedir-me desculpa. 
Hoje discuti o assunto com um amigo cuja formação veterinária  inclui a consideração do bem estar e da saúde mental do cão doente. 
O Gonçalo (Drº G. Pereira) relembrou-me as novas alternativas ao uso do tradicional colar isabelino e cujos efeitos psicológicos pareçem ser bem menores! 
Aqui ficam.